Prosul inicia com Escola na Machamba do Camponês

O Projecto de Desenvolvimento de Cadeias de Valor nos corredores de Maputo e Limpopo (PROSUL) vai capacitar técnicos do Governo, parceiros seleccionados e provedores líderes de serviços, na metodologia Escola na Machamba do Camponês (EMC).

A formação, a decorrer de 12 à 16 de Outubro corrente na cidade de Chókwè, província de Gaza, visa promover a produção de hortícolas ao longo de todo ano, permitindo assim que os agricultores possam abastecer os mercados com produtos/hortícolas fora da época e beneficiarem-se dos preços mais altos de mercado, devido à pouca oferta.

Para o alcance deste objectivo, o projecto propõe-se à promoção de práticas agrícolas inovadoras, que incluem o uso de redes de sombreamento, start up kits e pacotes tecnológicos de baixo custo sobre resiliência às mudanças climáticas (incluindo os ensaios on-farm e campos de demonstrações).

O PROSUL foi criado com o objectivo de aumentar, de forma sustentável, a renda dos pequenos produtores a partir do incremento dos volumes de produção, produtividade e melhoria da qualidade em três cadeias de valor alvo (Horticultura, Mandioca e Pecuária), melhoria das ligações de mercado, da eficiência das organizações de produtores e assegurar o incremento das margens a favor dos produtores no valor final adicional.

O Consórcio Gapi/Novedades Agrícolas é o Provedor Líder de Serviços (PLS) contratado pelo CEPAGRI, para liderar a implementação da Cadeia de Valor de Horticultura no PROSUL. Os pequenos produtores de hortícolas (50% mulheres) são os principais beneficiários deste projecto, esperando-se atingir uma meta de 4800 produtores até ao final do projecto.

Deixe uma resposta

Retype the CAPTCHA code from the image
Change the CAPTCHA code

Close Menu