O reconhecimento da Gapi a Mário Machungo

O reconhecimento da Gapi a Mário Machungo

A Direção Executiva da Gapi recebeu com grande tristeza a notícia do desaparecimento físico do Dr. Mário Machungo, pois a origem desta instituição, há 30 anos, está estreitamente ligada à sua obra e empenho como economista e dirigente do Estado moçambicano.

O projecto de criação da Gapi como instituição financeira de desenvolvimento público-privada formulado e apresentado ao Governo em 1988 não foi à partida consensual. Como Primeiro-Ministro Mário Machungo conduziu o processo da reforma económica e legal que, através de legislação aprovada em Dezembro de 1989, abriu o caminho para que uma sociedade privada pudesse actuar com instrumentos financeiros em apoio ao desenvolvimento do sector privado.

A coberto dessa legislação a Gapi foi formalmente constituída a 1 de Março de 1990.

Ao longo destas três décadas de convívio entre a visão e a ação política para o desenvolvimento de Moçambique defendida por Mário Machungo e a obra que a Gapi vem realizando, foram muitos os momentos em que estivemos juntos em prol de um Moçambique mais inclusivo.

O caminho que estamos empenhados em prosseguir continuará a ser iluminado pela luz do seu saber e do seu compromisso com a edificação de um Moçambique mais justo e em Paz.

Paz à sua Alma!

Deixe uma resposta

Retype the CAPTCHA code from the image
Change the CAPTCHA code

Close Menu