Em Manica e Sofala: Gapi e Centagri promovem empresas cooperativas

 

  Cerca de 10.000 produtores dos distritos de Sussundenga, Macate , Gondola, Vanduzi e Gorongosa estão a receber assistência técnica à produção, distribuição de sementes melhoradas e adubos, fomento da mecanização e comercialização da Centagri – uma empresa criada pela Gapi-SI com o objectivo de prestar assistência técnica agrícola e agro-industrial na zona centro de Moçambique.

Já organizados em empresas cooperativas, estas têm um impacto directo em mais de 50.000 pessoas e envolvem 190 associações e cerca de 250 Grupos de Poupança e Empréstimo (GPE).

Além da assistência, a Centagri interveio na legalização destas cooperativas, assegurando a introdução de normas de boa governação nomeadamente contabilidade organizada e o devido pagamento de contribuições ao Estado.

Das acções que vem sendo desenvolvidas, quatro merecem destaque, nomeadamente: (i) Comercialização – recolha e comercialização da produção de milho com uma rentabilidade ao cooperativista 40 % superior aos preços praticados por intermediários; (ii) Crédito de campanha – disponibilização de sementes seleccionadas e de adubos a crédito de acordo com a capacidade e vontade de cada agricultor, após avaliação “in loco” do potencial de cada cooperativista; (iii) Assistência técnica – com a periodicidade quinzenal é feita a visita técnica a cada cooperativista; e (iv) Segurança Alimentar – armazenou-se o milho recebido em condições de higiene e de manutenção de qualidade permitindo em Fevereiro, no auge da fome, vender até 50 quilos por família a um preço justo.

No que concerne a Mecanização Agricola, a gestão da Centagri criou condições para que as cooperativas venham a ter, a partir de Abril de 2016, o seu parque de máquinas, que nesta fase inicial serão  cinco tractores e respectivas alfaias. Estes equipamentos permitirão já em 2016 e 2017 mecanizar cerca de 500 hectares em cada cooperativa, aumentando a produção destas famílias.

Na presente campanha as cooperativas irão comercializar milho, feijão, gergelim, amendoim, batata reno e batata-doce.

Paralelamente prevê-se a instalação de unidades de processamento de milho para fazer farinha de qualidade e uma unidade de processamento de mel.

Deixe uma resposta

Close Menu