Jorge Ferrão saúda trabalho da Gapi

Jorge Ferrão saúda trabalho da Gapi

O reitor da Universidade Pedagógica (UP), Jorge Ferrão, galardoou a Gapi – Delegação de Montepuez, pelo excepcional trabalho que vem desenvolvendo na promoção de jovens empreendedores e inovadores, no âmbito da implementação do programa Agro-jovem, na qual a UP é uma das 16 instituições de ensino superior e técnico-profissional parceiras. A entrega do diploma que simboliza o reconhecimento, teve lugar durante a 10ª Gala Científica daquela instituição de ensino superior.

O acto contou com a presença do Director Provincial da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional em representação do Governador da Província e de outros quadros directivos provincial e distrital, além do corpo técnico da UP.

Ao tomar a palavra, Ferrão saudou o “excepcional apoio da Gapi na causa da extensão universitária e responsabilidade corporativa na dinamização e promoção do empreendedorismo juvenil”.

Este reconhecimento do reitor da UP vai ao encontro da convicção da Gapi de que potenciar as universidades e escolas técnicas para desenharem currículos que respondem ao desafio da criação de uma nova geração empresarial, é uma boa estratégia para reduzir os números cada vez mais assustadores de jovens desempregados, dentre os quais, alguns com formação técnica.

O representante da Gapi em Montepuez, Bruno Torres, destacou os resultados bastante satisfatórios que o programa, com a participação dos parceiros, tem alcançado. “Este é um programa que conta com o apoio da DANIDA e enquadra-se no nosso objectivo de promover a juventude inovadora. Vários são os exemplos de jovens com empreendimentos bem-sucedidos, uma vez que temos nas escolas, um parceiro que ajuda a fazer a transição da teoria para a implementação prática”.

O Agro-Jovem está inserido num programa mais amplo designado Agro-Investe, cujo objectivo imediato é elevar os rendimentos dos agricultores de pequena escala, e, segundo o seu coordenador, Rui Amaral “implementar programas de promoção da iniciativa empresarial juvenil do sector do agro-negócio através de estímulos a instituições de ensino técnico e superior tem se mostrado um modelo eficaz, sobretudo porque garantimos o acompanhamento técnico por parte destas”.

A Gapi implementa o Agro-jovem em todo o país, desde 2015, altura em que foi lançado pelo chefe de Estado e até hoje já disponibilizou cerca de 45 milhões de meticais, em 59 projectos espalhados por todo o país. O referido valor foi concedido em forma de financiamento e em assistência técnica para projectos ligados a área do agro-negócio.

Deixe uma resposta

Close Menu