Gapi e AIESEC empenhados em promover mais jovens empreendedores

Gapi e AIESEC empenhados em promover mais jovens empreendedores

A Gapi e a Associação Internacional de Estudantes de Ciências Económicas e Empresariais (AIESEC) renovaram o seu Memorando de Cooperação (MdE), cujo objectivo visa reforçar e promover os princípios éticos e profissionais entre a nova classe empresarial que está a ser formada através do contributo do programa Agro-Jovem. A assinatura deste documento decorreu na sede da Gapi, no dia 29 de Junho

A parceria entre estas duas instituições iniciou em Março de 2017 e pretende assegurar uma melhor expansão dos programas ligados à promoção da Juventude inovadora, com particular destaque ao Agro-Jovem. A nova coordenadora deste programa, Edwina Ferro, revelou que a Gapi está empenhada em prolongar os laços que mantém com a AISEC, pois são um parceiro fundamental para o sucesso do programa Agro-Jovem, uma vez, que é uma organização jovem centrada na promoção da liderança ética e responsável.”

Ferro destacou que, um dos marcos mais assinaláveis desta parceira foi o roadshow nacional, constituído por uma série de eventos de promoção do empreendedorismo juvenil, no qual participaram mais de 1000 jovens provenientes de  15 instituições parceiras de implementação de todo o país. “O roadshow conferiu habilidades e competências diferenciais aos nossos beneficiários. Para este ano, o desafio é, através desta colaboração, tornar estas oportunidades ainda mais abrangentes, de maneira a potencializar o desenvolvimento dos jovens de forma integrada.” Por sua vez, Daisy Helena, Presidente da AISEC em Moçambique mostrou-se satisfeita em continuar a trabalhar com a Gapi na implementação do Agro-Jovem, pois é um programa que visa dar as ferramentas necessárias para que a juventude moçambicana se torne mais empreendedora, especialmente na área do agro-negócio.” Helena afirmou ainda que esta parceria tem feito com que o nome da AISEC seja promovido em Moçambique. “Durante o roadshow, muitos jovens, de todo o país, quiseram fazer parte desta organização. Por isso estamos em fase de expansão e já começamos com a criação de um escritório em Tete.”

A AIESEC Moçambique é uma plataforma internacional global de estudantes que está presente em mais de 120 países e em Moçambique foi fundada em 2009. Tem realizado actividades, como estágios profissionais internacionais (até o momento foram 493 jovens contemplados pela experiência), conferências nacionais, conferências internacionais, workshops, etc. Esta plataforma visa o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens expondo-os a uma série de experiências e cultivando a diversidade cultural por forma a despertar a sua liderança juvenil.

O Agro-Jovem é uma iniciativa da Gapi com vista a apoiar as instituições de ensino técnico-profissional a estimularem o surgimento de uma geração de jovens empresários nas cadeias de valor do agro-negócio. Este programa está dotado de um fundo de assistência técnica e de crédito a iniciativas de negócio de jovens moçambicanos que sejam promovidos pelas instituições de ensino identificadas pela Gapi-SI como “parceiros de implementação”. Neste momento 20 instituições de ensino superior e/ou técnico-profissional fazem parte deste programa.

 

Deixe uma resposta

Close Menu