Centro social digno para colaboradores da Gapi e BTM

Os colaboradores da Gapi-SI e do Banco Terra Moçambique (BTM) passam, de agora em diante, a contar com um espaço condigno de lazer. Trata-se de um centro social, instalado no 1º andar do edifício da Gapi, em Maputo, onde as duas empresas reúnem aproximadamente duzentos (200) funcionários. O local que outrora servia de refeitório e arquivo, foi completamente renovado de forma a oferecer as melhores condições aos seus utentes.

 Este espaço é para uso exclusivo dos trabalhadores do edifício sede da Gapi. Com este investimento a Gapi procurou assegurar que os colaboradores das duas instituições não tenham que se movimentar pela cidade nas horas de ponta, assim como assegurar aos que moram longe da baixa da cidade de Maputo, possam ter algum conforto e acesso a uma refeição condigna durante a jornada de trabalho. Este estabelecimento irá funcionar das 07:00 às 17:00h.

Para a exploração do serviço de refeições foi feito um concurso público. A empresa MESU (Monteiro Empreendimentos – Sociedade Unipessoal) foi a vencedora e nas palavras do seu proprietário, Albino Paulo Monteiro, esta é uma oportunidade muito boa para expandir os seus negócios. A MESU foi criada em 2015 e é especializada em take aways e serviços de caterings.

“A Gapi realizou este investimento em reconhecimento à necessidade de proteger a dignidade dos trabalhadores que, face à subida do custo de vida e limitações da indústria de restauração na baixa de Maputo, têm de recorrer a alternativas que nem sempre protegem a sua dignidade ” – disse o Presidente do Conselho Executivo da Gapi, António Souto. O Administrador Comercial do BTM, Aquiles Dimane, acrescentou dizendo que “como utentes, devemos preservar este espaço para que tenhamos um ambiente digno e atractivo.”

Deixe uma resposta

Retype the CAPTCHA code from the image
Change the CAPTCHA code

Close Menu