Agricultores familiares conquistam supermercados internacionais

800 famílias organizadas pela Gapi em cinco associações nos distritos de Namaacha, Moamba e Marracuene na província de Maputo, e Chibuto na província de Gaza, consolidaram a sua conquista do mercado das grandes redes comerciais, com o início de um programa de abastecimento do supermercado Maputo “Fresh Market”. O primeiro lote consistiu na venda de 20 toneladas de tomate, pimentos, pepino, beterraba e repolho o que rendeu àquelas famílias mais de 500 mil meticais.

Este contrato de venda junta-se a um anterior já alcançado com a cadeia de supermercados Shoprite, que garantiu mercado à produção destas associações assistidas pela componente de apoio à cadeia de valor da horticultura, implementado pela Gapi nas províncias de Maputo e Gaza, no âmbito do Projecto ProSul, que é financiado pelo IFAD (Fundo Internacional para o Desenvolvimento da Agricultura).

Esta relação entre produtores familiares locais e gestores das grandes superfícies comerciais e no âmbito do ProSul é um exemplo das parcerias que a Gapi vem promovendo em todo o país com vista à modernização da agricultura.

Como Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD) a intervenção da Gapi promove estas parcerias combinando serviços financeiros com assistência técnica na produção, uso de tecnologias melhoradas, como é o caso de estufas e sombrites e sistemas de rega gota-a-gota, bem como acesso a serviços de apoio no acesso aos mercados tradicionais e modernos.

“Estou muito contente! Hoje inicia uma nova jornada nas nossas vidas. Sabemos que a responsabilidade cresceu, mas com a Gapi, estamos seguros que vamos conseguir.” – referiu Alda Jonas, membro da associação de regantes de Mafuiane, reforçando que “com mais este acordo vemos melhorado um dos nossos principais desafios, que é ter mercado para a nossa produção. Com as vendas a preços que nos satisfazem, vamos melhorar a nossa produção e os ganhos das nossas famílias.”

O grosso das hortícolas fornecidas por esta associação provém da produção em estufas construídas com assistência da Gapi, visando a produção de hortícolas ao longo de todo o ano. Para introduzir a tecnologia de estufas adaptadas às condições locais, a Gapi fez uma parceria com uma empresa espanhola, a “Novedades Agrícolas”, membro da Fundação Tecnova, que na região da Andaluzia tem investido no desenvolvimento de tecnologias de produção adequadas a diferentes ambientes climáticos.

 “O uso de estufas com tecnologia incorporada potenciou a rentabilidade económica destas associações, através do aumento da produção, produtividade e qualidade. Hoje, com esta tecnologia, garantimos o fornecimento estável de produtos alimentares aos supermercados internacionais, exigentes na qualidade do produto que aceitam comercializar”– referiu Lenine Matavel, Coordenador do ProSul na Província de Maputo.

 

Deixe uma resposta

Close Menu